Introdução O Autor Pergunte ao Professor Verbos Nossa Comunidade Bibliografias Contato
  Procurar no site:
  
  Página inicial
 Índice
  Acentuação gráfica
  Classe de Palavras
  Composição
  Concordância
  Conjunção
  Crase
  Estrutura do Vocábulo
  Figura de Estilo
  Fonética
  Formação da Palavra
  Frase
  Interjeição
  Interpretação
  Noções de Versificação
  Ortografia
  Pontuação
  Redação
  Regência
  Verbo
  Vicios da Linguagem
 Como Estudar Melhor
  Aprenda na sala de aula
  A arte de estudar
  Aprenda e ler melhor
  Faça Tranquilamente suas provas
 Comunidade
  Falando Português
 E-Book Download
  Modulos da Gramática da Lingua Portuguesa
  Comprar livro da gramática
 Pergunte ao Professor
de ingrid pessanha dos santos






Acentuação gráfica

Lei nº 5.765, de 18 de dezembro de 1971.
Aprova alterações na ortografia da língua portuguesa e dá outras providências.

O Presidente da República
Faço saber que o congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei:

Artigo 1º
De conformidade com o Parecer Conjunto da Academia Brasileira de Letras e da Academia de Ciências de Lisboa, exarado a 22 de abril de 1971, segundo o disposto no artigo III da Convenção Ortográfica celebrada a 29 de dezembro de 1943 entre Brasil e Portugal, fica abolido o trema nos hiatos átonos; o acento circunflexo diferencial na letra "e" e na letra "o" da sílaba tônica das palavras homógrafas de outras em que são abertas a letra "e" e a letra "o", exceção feita da forma "pôde", que se acentuará por oposição a "pode", o acento circunflexo e o grave com que se assinala a sílaba subtônica dos vocábulos derivados em que figura o sufixo "mente" ou sufixos iniciados por "z".

Artigo 2º
A Academia Brasileira de Letras promoverá dentro do prazo de dois (2) anos, a atualização do Vocabulário Onomástico e a republicação do Pequeno Vocabulário Onomástico da Língua Portuguesa nos termos da presente Lei.

Artigo 3º
Conceder-se-á às empresas editoras de livros e publicações o prazo de quatro (4) anos para o cumprimento do que dispõe esta lei.

Artigo 4º Esta lei entrará em vigor 30 dias após sua publicação, revogada as disposições em contrário.

 

 

 

NOTA - Publicado no Diário Oficial da União de 20/12/71

Entrou em vigor em 20/01/72


PARECER CONJUNTO DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS E DA ACADEMIA DAS CIÊNCIAS DE LISBOA


"A Academia Brasileira de Letras e a Academia das Ciências de Lisboa, em exato cumprimento da missão que lhes confere a convenção de 29 de dezembro de 1943. Resolve em parecer conjunto – que incorpora o de ambas as doutas comissões por elas designadas – aprovar e, conseqüentemente, recomendar à alta consideração dos respectivos governos, na forma da convenção invocada, o projeto em anexo, parte integrante deste termo. Encarecem, outrossim, a circunstância de realizar-se a cerimônia da assinatura no Palácio Itamaraty, em Brasília, no dia reciprocamente consagrado à Comunidade Luso – Brasileira, para maior realce de seus valores perenes, ligados ao esplendor e à unidade da língua Portuguesa."

 

Brasília, 22 de Abril de 1971

Austregésilo de Athayde

Acentuação Gráfica 

 

 

 

Espero que o estudo sobre a acentuação gráfica satisfaça às necessidades do ensino e que a aprendizagem seja alcançada.

O acento tônico pode, em Português, ocupar três posições, são elas:


a) na última,       
b) na penúltima,       
c) e na antepenúltima sílaba.


Classificam-se os vocábulos em:


Oxítonos – o acento tônico está na última sílaba.


Exemplo:


Caxambu, raiz, mamão, leitão.

Paroxítonos – quando o acento tônico cai na penúltima sílaba.


Exemplo:


G
alo, rato, marmelada, cadeira, cama, etc.

Proparoxítonos – Quando o acento tônico cai na antepenúltima sílaba.


Exemplo:


límpido, proclítico, vocábulos, tônicos, etc.




Tópicos relacionados:
Acentuação Gráfica Exercícios com Respostas
Acentuação Gráfica obedecerá a seguinte regra




6488360 visitas ao site desde março de 2005.
Desenvolvido por Brasuca Websolution